Stands de Desenho Livre

8-dicas-para-montagem-de-um-stand-de-sucesso

 

É sempre necessário enviar um projeto de stand (com as quotas do mesmo) para stecnica@ifema.es até um mês antes do início da feira para que seja submetido a avaliação.

A aprovação do projeto é imprescindível para que seja autorizada a montagem.

Notas a ter em conta:

  • É obrigatório montar paredes que delimitem o stand com os stands vizinhos.
  • Se o stand tem um estrado de altura superior a 19mm deverá ser colocada uma rampa de acesso para pessoas com deficiência.
  • A frente das traseiras terá que ter um acabado neutro e de qualidade semelhante ao interior do stand.
  • Caso a feira em questão siga as normativas gerais:
    • a altura máxima de qualquer elemento deverá ser de 4m e poder-se-á elevar um elemento até uma altura máxima de 6m, exceto nas paredes que delimitem o stand vizinho. Caso construam o stand 1m para dentro do espaço delimitado poderão levantar todos os elementos até à altura de 6m. À exceção dos stands situados nos núcleos de conexão entre pavilhões, nas laterais das entradas dos pavilhões 9 e 10 e nas laterais das entradas e fundo dos pavilhões do 12 e 14, nos quais, nestes casos, a altura máxima de construção deverá ser de 4m.
    • As fachadas do stand não poderão estar fechadas a mais de 50% na sua longitude. Para fecharem as fachadas com maior longitude deverão montar o stand um mínimo de 3m para dentro do stand e nunca poderão exceder 80% da longitude da fachada.
    • Qualquer elemento decorativo ou de construção não poderá sair mais de 50cm do espaço adjudicado em direção a espaços comuns.
  • Todas as empresas que optam por realizar uma segunda planta ou colocar elementos estruturais sobrelevados de 1.20m ou mais, que vão suportar cargas ou pessoas no seu espaço, deverão apresentar um certificado ou um projeto da obra assinado por um técnico espanhol. Esta documentação deverá estar carimbada pelo colégio correspondente. Ficam proibidos aos stands localizados nos núcleos de conexão entre pavilhões, nas laterais das entradas dos pavilhões 9 e 10 e nas laterais das entradas e fundo dos pavilhões do 12 e 14.
  • As empresas expositoras que queiram pendurar elementos deverão enviar um projeto da estrutura para rigging@ifema.es.
  • Pede-se atenção para a presença de elementos no espaço que poderão exigir uma adaptação ao stand (colunas e/ou pilares de sustentação de pavilhões; bocas de incêndio; portas dos núcleos de conexão; etc.).

Tomar ainda nota que a construção própria de stands supõe dois serviços de contratação obrigatória:

  • Serviços de Eletricidade [quadro elétrico+conector e/ou certificado de instalação].
  • Direitos de Montagem [Tipo A, Tipo B ou Tipo C – a empresa encarregue de proceder à montagem do stand deverá abonar à IFEMA as tarifas correspondentes a direitos de montagem por conceito de serviços prestados durante o período de montagem e desmontagem. Os direitos de montagem aplicam-se ao conjunto do stand (dimensão total), incluindo também a área de segunda planta (caso exista).

Estas e outras normativas estão disponíveis em www.ifema.es / “Expositores” / “Montaje y Decoración”.